Últimas postagens

Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2018/2017.
Atuamos no mercado, com sede própria, sendo responsáveis pela assessoria e consultoria à pessoas físicas e jurídicas nas áreas contábil, tributária e trabalhista. Visamos sempre ser mais que um escritório de contabilidade e sim uma consultoria especializada, parceira de bons negócios, oferecendo um excelente atendimento para que você possa ficar tranquilo e pensar no crescimento da sua empresa. Nossa missão é desenvolver um trabalho que atenda as suas necessidades, tendo como parâmetros a excelência, a confiança, observando sempre os princípios contábeis, a legislação tributária vigente, com ética e profissionalismo. Nosso objetivo é estabelecer uma relação de respeito, na busca de soluções eficazes, sempre com precisão e pontualidade. O diferencial do nosso trabalho consiste no tratamento individualizado e personalizado para cada cliente, estando sempre à sua disposição, pois a solução para você e sua empresa, é o foco do nosso negócio. Estes são alguns motivos para contratar os serviços do Contador Empresarial |Escritório de Contabilidade.
excelência, confiança, princípios contábeis, legislação tributária, profissionalismo, consultoria à pessoas físicas, consultoria jurídica, Contábil, Tributária, Trabalhista.
22066
post-template-default,single,single-post,postid-22066,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.7,side_area_uncovered,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Declaração do Imposto de Renda 2018/2017

Declaração do Imposto de Renda 2018/2017

Iniciou-se em (01/03/2018), o prazo para os contribuintes de todo o Brasil, apresentarem à Receita Federal, a declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2018, ano-base 2017. Assim, é a hora de pensar nas finanças, organizar a papelada e resolver eventuais pendências, a fim de evitar a correria da última hora e, se possível, receber a restituição nos primeiros lotes. O prazo final é dia 30 de abril. 

A Receita Federal do Brasil , apresentou as normas, e estão obrigados a prestar contas com o leão, entre outros critérios, quem teve renda tributável (salários, aposentadorias, aluguéis etc.) superior a R$ 28.559,70, em 2017. No quadro abaixo, está o detalhamento. Aproveite para ler também o artigo sobre “Declaração de Espólio”.

Uma das principais novidades é que os dependentes maiores de oito anos deverão ter o CPF informado na declaração e a partir de 2019, a exigência do documento será para todos os dependentes, desde o nascimento. A Receita ainda vai solicitar mais detalhes sobre os bens declarados, por exemplo, endereço e matrícula de imóveis, IPTU e data de compra. Agora, o fornecimento desses dados será apenas optativo. No próximo ano, o preenchimento dos campos passa a ser obrigatório.

Para evitar problemas na hora do preenchimento das informações, é importante estar com os valores a serem declarados em mãos. “A dica é reunir todos os recibos, próprios e dos dependentes, dos gastos com saúde e educação, notas de compra ou venda de carros e imóveis, informes de rendimentos e dados sobre empregados domésticos. O planejamento antecipado evita erros e a ausência de documentos importantes, sem os quais a pessoa pode cair na malha-fina. Caso você tenha interesse, ou possa estar com dúvidas sobre “Isenção do Imposto de Renda”, leia mais neste outro artigo. 

Vale lembrar que os trabalhadores já devem ter recebido os informes de rendimentos, pois o prazo terminou em  (28/02).O documento, assim como informe dos bancos, é essencial para o preenchimento do formulário da Receita.  O contribuinte que perder o prazo de entrega do IRPF será penalizado em, no mínimo, R$165,74 e, no máximo, 20% do imposto devido.

Essas são as principais novidades trazidas pela Receita Federal do Brasil, para os contribuintes que devem declarar o imposto de renda da pessoa física.

SEM COMENTÁRIOS

Desculpe, o formulário de comentários está fechado neste momento.