Últimas postagens

HOME | Contador Empresarial
Atuamos no mercado, com sede própria, sendo responsáveis pela assessoria e consultoria à pessoas físicas e jurídicas nas áreas contábil, tributária e trabalhista. Visamos sempre ser mais que um escritório de contabilidade e sim uma consultoria especializada, parceira de bons negócios, oferecendo um excelente atendimento para que você possa ficar tranquilo e pensar no crescimento da sua empresa. Nossa missão é desenvolver um trabalho que atenda as suas necessidades, tendo como parâmetros a excelência, a confiança, observando sempre os princípios contábeis, a legislação tributária vigente, com ética e profissionalismo. Nosso objetivo é estabelecer uma relação de respeito, na busca de soluções eficazes, sempre com precisão e pontualidade. O diferencial do nosso trabalho consiste no tratamento individualizado e personalizado para cada cliente, estando sempre à sua disposição, pois a solução para você e sua empresa, é o foco do nosso negócio. Estes são alguns motivos para contratar os serviços do Contador Empresarial |Escritório de Contabilidade.
excelência, confiança, princípios contábeis, legislação tributária, profissionalismo, consultoria à pessoas físicas, consultoria jurídica, Contábil, Tributária, Trabalhista.
19843
home,page-template-default,page,page-id-19843,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.7,side_area_uncovered,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Pergunta do dia.

 

Pergunta: A empresa é obrigada a dar 15 minutos de lanche para funcionários que trabalhem de 2ª a 6ª de 08:15 as 12:00 e 13:15 as 17:30, e aos sábado de 08:15 as 12:00 horas?

 

Resposta: A empresa não está obrigada, por lei, fornecer o intervalo de 15 minutos para “café/lanche”. A obrigação desta jornada de trabalho é o intervalo para refeição mínimo de 1 hora que já está sendo concedido. Lembramos que, se o empregador concede um segundo intervalo espontaneamente, como é o caso dos 15 minutos para “café/lanche”, este intervalo computa-se na jornada de trabalho. (Fundamento Legal: Súmula nº 118, do TST).

 

Fonte: Informare

E-social

  • Empresas do SN, MEI e Pessoas Físicas, que possuam empregados, começam prestar informações em julho.
  • Empresas com faturamento anual superior a R$ 78 milhões, prestam informações a partir de janeiro.

Artigos mais lidos